7,6 milhões de clientes no Serviço Móvel Terrestre

Os três operadores do Serviço Móvel Terrestre possuíam 7,6 milhões de clientes no final do terceiro trimestre de 2001 de acordo com o ICP.

Este valor corresponde a um crescimento de 32% entre o terceiro trimestre de 2001 e igual período do ano anterior e equivale à angariação de 1,8 milhões de novos utilizadores.

Esta evolução permitiu manter a taxa de penetração do serviço em Portugal acima da média da União Europeia. Em Setembro, cerca de 74 portugueses em cem eram subscritores do serviço móvel. Na UE, esse valor ficou pelos 71,7.

O tráfego demonstrou igualmente uma evolução positiva, uma vez que os utilizadores do serviço estabeleceram e receberam mais chamadas durante o terceiro trimestre de 2001 do que durante o segundo trimestre do mesmo ano.

Assim, foram estabelecidas a partir das três redes móveis, durante o terceiro trimestre do ano, 1,47 mil milhões de chamadas de saída (ligações móvel-fixo e móvel-móvel). Este número equivale ao estabelecimento de 2,27 mil milhões de minutos de conversação e à realização de duas chamadas diárias, em média e por cada utilizador.

No mesmo período, foram realizadas 337 milhões de chamadas de entrada na rede móvel (ligações fixo-móvel e móvel-móvel), o que corresponde a 608 milhões de minutos.