Ataques são realizados cada vez mais pelo browser

Um estudo disponibilizado pela Computing Technology Industry Association, CompTIA, revela que cada vez mais os ataques são realizados a partir de sites com código malicioso.

O [link=http://www.comptia.org/pressroom/get_news_item.asp?id=426]estudo[/link] revela que nos últimos seis meses, num inquérito realizado a 900 entidades, 36.8 por cento sofreram um ou mais ataques através do browser, um crescimento de 25 por cento em relação ao estudo anterior.

Os ataques são realizados levando o utilizador a visitar um site, que contém nas suas páginas código que explora falhas de segurança existentes nos browsers.

O estudo afirma que em breve este tipo de ataques poderá ser tão perigoso como os ataques de vírus e worms.