FCCN disponibiliza servidor web oficial em IPv6

A FCCN, Fundação para Computação Científica Nacional, anunciou que o seu servidor web oficial é actualmente compatível com a tecnologia IPv6.

Esta inovação pressupõe a disponibilização de informação institucional da FCCN directamente ao mundo IPv6 (Internet Protocol versão 6).

A [link=http://www.fccn.pt]FCCN[/link] espera nos próximos meses disponibilizar todos os serviços externos em IPv6 e recorrer cada vez mais a esta tecnologia no contexto dos recursos disponíveis em termos de rede.

A rede académica nacional, a RCTS, disponibiliza conectividade em IPv6 desde Abril de 2003, estando já seis dos seus membros também ligados em IPv6, bem como a respectiva ligação internacional à rede pan-Europeia GEANT.

A tecnologia IPv6 tem como principal objectivo resolver o previsível esgotamento do espaço de endereçamento público da actual versão 4 do protocolo IP (IPv4).

Uma vez implementado, o IPv6 permite reduzir custos, mas permitirá sobretudo que todos os cidadãos no planeta disponham de uma multiplicidade de endereços públicos. Interessa referir que há mais de 6 biliões de seres humanos no planeta e que o espaço de endereçamento IPv4 só permite cerca de 4,2 biliões de endereços públicos únicos, e nem todos podem ser usados. Por exemplo, Portugal tem cerca de 10 milhões de habitantes e apenas cerca de 1,6 milhões de endereços públicos IPv4.