Redes móveis têm 9.34 milhões de clientes

O número de assinantes do serviço telefónico móvel chegou aos 9,34 milhões no final do ano passado de acordo com a ANACOM.

A taxa de penetração do serviço posicionou-se assim nos 89,8 telefones por cem habitantes, acima da média europeia, que ficou pelos 86.

Este valor resulta de um crescimento de 9,5 por cento face ao ano anterior, equivalente à angariação de 800 mil novos clientes pelos três operadores móveis. Do total de clientes, 79 por cento continuam a preferir os pré-pagos como forma de adesão ao serviço.

Durante 2003, foram originadas em Portugal 5,8 mil milhões de chamadas a partir de telefones móveis, que por si só geraram mais de 10 mil milhões de minutos, o que corresponde a crescimentos anuais de 4 por cento e 8 por cento, respectivamente.

À imagem do observado em trimestres anteriores, a maior parte das chamadas corresponde a ligações intra-rede. Seguem-se as ligações originadas ou terminadas em outras redes móveis e só depois as ligações de ou para redes fixas.

Até ao final de 2003, foram portados entre redes móveis 23.643 números de telefone, o que corresponde a um aumento da adesão à portabilidade móvel da ordem dos 300 pro cento face ao ano anterior.