Apple apresentou o novo iPhone OS 4

A Apple apresentou ontem a antevisão do seu iPhone OS 4 e lançou uma versão beta do software para membros do iPhone Developer Program.

O novo iPhone OS 4 inclui novas funcionalidades como Folders, Multitasking e Unified Inbox entre outras.

A funcionalidade Folders ajuda os utilizadores a terem uma melhor organização e acederem rapidamente às suas aplicações. Apenas tem de arrastar um ícone de uma aplicação para cima de outra e é automaticamente criada uma nova pasta. A pasta fica automaticamente com o nome da categoria que essa aplicação tem na App Store, como “Jogos”, que o utilizador pode facilmente renomear. Os utilizadores podem também criar e gerir as pastas do iPhone nos seus Mac ou PC através do iTunes 9.2.

As novas capacidades de multitasking do iPhone OS 4 dão aos utilizadores uma nova forma de mudarem rapidamente entre aplicações e oferecem aos técnicos sete novos serviços multitasking para adicionarem funcionalidades multitasking nas suas aplicações de uma forma simples. Estes serviços incluem audio de fundo, para que aplicações como Pandora possam tocar música na retaguarda, e VoIP, para que as aplicações de VoIP possam receber uma chamada VoIP mesmo quando o iPhone está em modo de descanso ou o utilizador está a correr outras aplicações.

O iPhone OS 4 oferece agora uma Unified Inbox que permite que os utilizadores vejam todas as mensagens de todas as suas contas de email numa única inbox. Adicionalmente, podem agora ter o thread das suas mensagens por conversação, permitindo que seja mais fácil manter-se actualizado das discussões de email, assim como abrir anexos de email com aplicações compatíveis na App Store.

A versão beta do iPhone OS 4 e o SDK estão disponíveis para membros do iPhone Developer Program em developer.apple.com. O iPhone OS 4 vai estar disponível como uma actualização de software para utilizadores de iPhone e de iPod touch neste Verão.

A Apple espera ainda lançar uma versão do iPhone OS 4 para o iPad neste Outono.

Service Pack 1 para Windows 7 já circula na internet

Ainda não foi anunciado oficialmente mas o primeiro Service Pack para o Windows 7 já circula na internet.

O site GeekSmack publicou alguns ecrans que provam que o Service Pack 1 já está quase pronto para entrar em fase de testes.

O site afirma que a instalação deste Service Pack é muito mais rápida se compararmos com os Service Pack para o sistema operativo Windows Vista.

O Service Pack inclui correcções para vários problemas detectados nos últimos meses e alguns melhoramentos.

A versão final do Service Pack 1 para o Windows 7 deverá estar disponível em Setembro deste ano.

Internet Explorer 9 não será compatível com o Windows XP

A Microsoft revelou hoje que a nova versão do Internet Explorer não será compatível com o sistema operativo Windows XP.

A Microsoft tomou esta decisão para poder explorar ao máximo as possibilidades dos sistemas operativos mais recentes.

Com esta medida a Microsoft espera também que os utilizadores e empresas comecem a fazer a migração para o novo Windows 7.

A Microsoft ainda não anunciou a data em que espera lançar a versão final do Internet Explorer 9.

Microsoft apresenta Internet Explorer 9

A Microsoft apresentou ontem a primeira versão do Internet Explorer 9.

A Microsoft apresentou uma primeira versão do novo Internet Explorer 9 na conferência MIX10.

A Microsoft pretende que a nova versão do Internet Explorer suporte as últimas tecnologias web como o HTML 5 e SVG.

O Internet Explorer 9 inclui um novo motor JavaScript com o nome de código Chakra que utilizará um segundo núcleo do processador se existir permitindo assim melhorar bastante a performance.

Os utilizadores que pretendam testar a primeira versão do Internet Explorer 9 podem fazer o download a partir do site http://ie.microsoft.com/testdrive/.

A versão de testes apenas pode ser instalada em computadores que tenham o Windows 7, Windows Vista com Service Pack 2 ou Windows Server R2.

Primeiro Service Pack para Windows 7 chega este ano

A Microsoft pretende lançar o primeiro Service Pack para o Windows 7 ainda este ano.

A decisão ainda não é oficial mas rumores confirmam que a Microsoft deverá lançar o primeiro Service Pack para o Windows 7 no último trimestre deste ano.

A Microsoft confirma que as vendas do Windows 7 tem superado as expectativas e espera que com o lançamento do Service Pack 1 as empresas apostem mais no novo sistema operativo.

Não existem mais informações sobre que correcções ou novas funcionalidades poderão estar incluídas no primeiro Service Pack.

Office 2010 disponível para novos detentores do Office 2007

A Microsoft anunciou no seu blog que os utilizadores que comprem a versão legal do Office 2007 irão ter direito ao Office 2010.

Os utilizadores que comprem e activem o Office 2007 até ao dia 30 de Setembro de 2010 terão acesso gratuito ao novo Office 2010.

A Microsoft anunciou as regras necessárias para que os utilizadores possam aceder a esta actualização gratuita no seu blog.

A Microsoft confirmou ainda que no próximo mês o Office 2010 estará pronto e começará a fase de duplicação do mesmo chegando ao mercado no próximo mês de Junho.

 

Internet Explorer 9 vai suportar HTML 5

A Microsoft deverá apresentar ainda este mês a primeira versão beta do browser Internet Explorer 9.

Os rumores que circulam na internet indicam que a Microsoft irá apostar mais nos standards na nova versão do Internet Explorer.

O novo Internet Explorer 9 deverá contar com um suporte grande para o HTML 5 e para a versão 3 do CSS.

O Internet Explorer 9 deverá ter um novo motor Javascript e o suporte para o formato SVG também será melhorado.

A Microsoft pretende travar o crescimento dos browsers concorrentes como o Firefox ou o Opera que suportam melhor os standards que o Internet Explorer.

Plugin permite que IE suporte HTML 5

Cristian Adam, um programador independente, desenvolveu um plugin para o Internet Explorer que permite que este suporte um dos mais importantes elementos do HTML 5.

Cristian Adam baseou-se no trabalho já feito por outro programador, Vladimir Vukicevic, para melhorar e desenvolver um plug-in que permite ao Internet Explorer suportar elementos do HTML 5 como o conhecido video.

A versão inicial já está disponível para download no blog de Cristian Adam e permite aos utilizadores do Internet Explorer explorar ao máximo sites como o YouTube, Video e outros sites do género.

A Microsoft continua a atrasar a adopção de várias tecnologias web como o HTML 5 levando a que muitos utilizadores optem por utilizar outros browsers como o Chrome, Firefox, Opera ou Firefox.

Microsoft vai permitir selecção de browsers na Europa

A Microsoft prepara-se para cumprir o acordo realizado com a Comissão Europeia relativamente à escolha de browsers.

A Microsoft vai permitir que os utilizadores no mercado Europeu escolham qual o browser que pretendem utilizar para navegar na internet.

O processo deverá iniciar-se hoje em alguns países europeus como a França, Reino Unido e a Bélgica.

Uma mensagem irá aparecer aos utilizadores do Windows XP, Windows Vista e Windows 7 que tenham o Internet Explorer como browser pré-definido a perguntar qual o browser que pretendem utilizar por omissão: Firefox, Safari, Chrome, Opera e Internet Explorer.

No próximo dia 1 de Março os utilizadores dos restantes países europeus receberão a mesma mensagem.

O acordo celebrado com a Comissão Europeia implicava que a Microsoft teria de permitir que o utilizador pudesse escolher qual o browser por omissão que seria instalado no computador no âmbito de um processo relativo a violação das regras da concorrência.

Google compra aplicação iPhone

A Google anunciou ontem a compra da aplicação reMail, uma das aplicações mais populares no iPhone.

A aplicação reMail é uma aplicação que permite pesquisar rapidamente na informação armazenada em contas Gmail ou em contas IMAP.

A Google não revelou o valor do negócio e o responsável pelo desenvolvimento da aplicação irá integrar a equipa de desenvolvimento do Gmail.

Por sua vez, a aplicação reMail deixará de estar disponível e apenas os utilizadores que tenham comprado a aplicação continuarão a ter a mesma mas com a garantia que a mesma não será actualizada.